Arquivos da categoria: Dicas

Cuidados ao fazer o alisamento de cabelo

Cuidados ao fazer o alisamento de cabelo – Da série cuidados com os cabelos parte I

De uns meses pra cá tenho respondido inúmeros comentários sobre dúvidas sobre o alisamento de cabelo masculino, o que nos fez criar uma série de artigos a fim de alertar sobre os perigos das químicas para os cabelos quando usados indiscriminadamente, assim como o que significa cada tipo de alisamento, como aprender a cuidar e tratar dos seus cabelos.

Com base nessas dúvidas alguns pontos me deixaram bem preocupado quanto ao uso de diversos tipos de alisamentos feitos em casa a fim de obter os penteados iguais as dos artistas pop do momento (vide  Gusttavo Lima, Luan Santana, etc.), o que me faz na obrigação de esclarecer alguns pontos sobre estes procedimentos feito de forma errada.

Primeiro ponto- Alisamento de cabelo não é brincadeira de final de semana!

São químicas que alteram a estrutura do seu cabelo e não é feito para ser usado indiscriminadamente como se fosse um produto qualquer. Procedimento errado ou mistura de químicas vai fazer seu cabelo quebrar, cair, ter processos alérgicos e te dar uns bons anos de consulta médica para conseguir um pouco do seu cabelo de volta.

Os procedimentos de alisamento são excelentes e trazem um resultado fantástico quando feitos com profissionais competentes que indiquem a química certa para o seu tipo de cabelo tomando medidas preventivas que vão tornar o processo seguro.

Segundo ponto- Cabelo com alisamento precisa de hidratação sempre

Quando o cabelo recebe alguma química, os fios sofrem uma alteração em sua estrutura ocasionando na perda de alguns nutrientes tornando o cabelo mais frágil, podendo ficar quebradiço ou com aspecto opaco e sem vida.

Por isso que a regra de ouro após o cabelo ter recebido algum processo químico é a hidratação feita com frequência. Existem excelentes produtos para os cabelos quimicamente tratados com preço muito acessível onde é possível fazer o tratamento em casa mesmo. Falaremos mais detalhadamente sobre isso em outro artigo da série.

Terceiro ponto – Quais os riscos nos processos de alisamento?

É importante destacar que todos os processos de alisamento e relaxamento são seguros quando realizados por profissionais qualificados e com produtos certificados pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Se você já faz alisamento, antes da aplicação de qualquer química no cabelo, deve-se realizar o teste da mecha para verificar se a química presente no fio é a mesma do produto aplicado. Caso o cabelo comece a quebrar, é sinal de que as químicas não são compatíveis e o processo não deve ser realizado.

Para quem nunca fez o alisamento, é importante guardar sempre o nome da química e nome do produto de alisamento que você fez para informar ao seu cabeleireiro nas futuras aplicações.

Caso ocorra a mistura de químicas, ou seja, seu cabelo possui um tipo de alisamento e você faz outro diferente e não compatível, a descamação e rompimento dos fios é quase certa. Há casos em que a aplicação errada também traz problemas, por exemplo, o tioglicolato quando usado no sentido errado ao crescimento dos fios.

Bom, para inicio de conversa é isso. Espero ter esclarecido um pouco sobre as vantagens e desvantagens dos processo de alisamento. Nos próximos artigos da série falaremos sobre como identificar e lavar corretamente os cabelos.

cuidados-cabelos-masculinos-capa

Cuidados básicos para o cabelo do homem

 

Existem alguns cuidados básicos para o cabelo do homem que tem que ser feitos no dia a dia e não se engane, mesmo que você tenha um cabelo perfeito, ele requer cuidados. E se o seu cabelo for comprido, ou oleoso os cuidados têm que ser redobrados.

Devido a uma questão hormonal o cabelo masculino cresce mais rápido, é mais brilhoso e também mais resistente. Em compensação os homens têm muito mais tendência à calvície do que as mulheres, e isso é fato. Tudo por conta de um hormônio chamado testosterona, que proporciona aos homens tudo o que eles precisam.

Por tudo isso, é preciso que os homens tenham hábitos recomendados e voltados para os fios diariamente.

Lavar os cabelos todos os dias

-É muito importante lavar os fios todos os dias para controlar a oleosidade do cabelo. Come  este simples cuidado, você já evita a caspa, a oleosidade, a seborréia e outras dermatites do couro cabeludo. E dizer que lavar os cabelos todos os dias faz o cabelo cair ou apodrecer é mito! Portanto lavar e principalmente enxaguar bem os cabelos para não deixar resíduos de produtos  é importante. Se o seu cabelo for muito oleoso, pode lavar e repetir a operação duas vezes colocando uma quantidade mínima de shampoo.

Shampoo certo

- A escolha do  shampoo é muito importante, por isto escolha sempre um que seja apropriado para o seu  tipo de cabelo e se possível, lave-o todos os dias. O fio capilar é como uma esponja que absorve todas as impurezas do meio ambiente. Além de o cabelo masculino já ter tendência a ser mais oleoso, o comprimento também pode não ajuda. Cabelos mais curtos acabam ficando oleosos mais facilmente, pois ela fica mais visível graças ao mantoácido, substância responsável por manter a oleosidade natural do couro cabeludo até quatro dedos abaixo da raiz. Por tanto o segredo é lavá-los bem diariamente. Não se recomenda lavar os cabelos com sabonete, pois ele possui componentes que podem agredir o fio do cabelo propiciando à queda.

Fuja do Sampoo 2 em 1

- Desde que foi lançado ele se tornou moda e é enorme a quantidade de homens que usam shampoo 2 em 1, aquele que já vem com condicionador. Eles aumentam a oleosidade do fio e deixam o cabelo com aspecto pesado. A fórmula traz ingredientes com alto poder de hidratação e outros que grudam na sujeira dos fios e são arrastados com a água durante o enxágüe.

Variar o shampoo

Sempre mude seu Shampoo, trocar de Shanpoo periodicamente é recomendado, pois muitas vezes, o cabelo pode se acostumar com um determinado princípio ativo do produto, fazendo com que ele fique com uma aparência opaca e “sem vida”.

Combata a caspa

A caspa é um problema mais comum nos homens do que nas mulheres e costuma ser bem embaraçoso. Esta descamação associada à coceira pode ser causada por vários distúrbios diferentes, incluindo pele ressecada, dermatite seborreica, psoríase e eczema. Estresse, oleosidade no couro cabeludo, variações hormonais e diminuição da imunidade corporal podem agravar o problema.

Finalizadores

-Quanto aos finalizadores é importante escolher o que é adequado ao seu tipo de cabelo, e de acordo com o que você deseja do seu penteado. Como o cabelo do homem tem mais tendência à oleosidade procure não usar pomada, gel ou qualquer outro tipo de finalizador na raiz. Não exagere na quantidade e aplique só na parte superficial do cabelo.

Invista em tratamentos

- Os cabelos são sensíveis aos efeitos esternos, e por isso independente do seu tipo de cabelo,  todos  precisam de hidratação independente se o cabelo é masculino ou feminino. Por esse motivo de tempos em tempos procure fazer esse procedimento, pois irá ajudar a fortalecer e recuperar os fios. No caso de cabelos secos, faça hidratação a cada 15 dias ou  sempre que for cortá-los.

Tratamento de dentro para fora

A alimentação é muito importante para nutrir os cabelos, e para isso devemos ter  uma alimentação balanceada. Isso mesmo! Quando está faltando algum nutriente em sua alimentação, quase sempre, reflete diretamente nos cabelos. Por isso, tenha uma alimentação rica em legumes, verduras e cereais. Do contrário você pode ter queda de cabelo, problemas com o crescimento e enfraquecimento, proveniente de uma má alimentação.

Cuidado com a água quente

–A temperatura da água pode causar danos se for muito quente, portanto no banho, ao lavar o cabelo, tome muito cuidado com a água quente, pois quando muito quente, provoca o aumento da produção da glândula sebácea, e por conseqüência, auxilia no aumento da indesejável caspa e da oleosidade dos fios. Além de sensibilizar o couro cabeludo.

Queda de Cabelo

- Esse é o problema mais temido pela grande maioria dos  homens. A queda de cabelo tem que ser tratada por um dermatologista, pois nada melhor do que um especialista no assunto para indicar os melhores tratamentos e produtos. Shampoos antiqueda podem ajudar a prevenir  a perda dos fios, mas para realmente acabar com a queda é preciso combater o real motivo da queda e para isso só mesmo visitando um especialista no assunto, um dermatologista. E pentear os cabelos que restam na cabeça para os lados ou para frente só piora o efeito da careca. O ideal é cortá-los bem curtos ou raspar por completo e seguir o tratamento que o médico lhe indicar.

A calvície é determinada geneticamente. Se você possui familiares calvos, portanto, vale a pena iniciar um tratamento precoce, logo que notar o afinamento dos fios ou a rarefação frontal (entradas). Se for calvície androgenética, ou seja, hereditária, é possível minimizar utilizando produtos apropriados indicados por um dermatologista, como minoxidil e finasterida. Além do fator hereditário, a calvície pode ser agravada pelo uso de hormônios anabolizantes, por traumas de couro cabeludo ao esfregar com força exagerada na lavagem e por distúrbios emocionais.Procure um médico antes de fazer uso de qualquer medicamento.

Bonés e Chapéus

– Muitos homens tem mania de usar boné ou chapéu o tempo todo, e esses acessórios, se utilizados em excesso, podem prejudicar muito a saúde dos fios. Se usados durante muito tempo eles podem acabar “abafando” o couro cabeludo, o que pode acentuar problemas como caspa e calvície, ajudam a acumular sujeira junto com o suor,aumentam a oleosidade que provocam os danos que resultam na queda dos cabelos.Se sses acessórios forem usados depois de lavar os cabelos, eles vão dificultar a secagem adequada do couro cabeludo, o que piora o problema de caspa e provoca mais ainda a queda de fios. Então o ato de usar chapéus ou bonés deve ser evitado.

Condicionador

- Você pode usar condicionador, mas use apenas se você precisar, se o seu cabelo for muito seco, para os cabelos oleosos com pontas secas use apenas nas pontas. O condicionador é usado para trocar a carga elétrica do fio de cabelo e evitar que ele fique com aspecto de ressecado e quebradiço. Mas deve ser usado em pouca quantidade e apenas nas pontas do cabelo e enxaguar bem. Nada de deixar condicionador sem enxaguar para o cabelo ficar “legal”, para isso existem os finalizadores. Se você precisa usar condicionador procure sempre usar de acordo com a quantidade de cabelo e nunca passar até a raiz do cabelo. Para se ter uma idéia, para cabelos muito curtos, o ideal é uma quantidade equivalente a uma moeda de 5 centavos; enquanto que para cabelos maiores ou cacheados o equivalente a uma moeda de 25 centavos.

Cabelos grisalhos

– Para quem quer assumir os cabelos grisalhos, é importante se ligar em shampoos indicados para esse tipo de cabelo, caso contrário pode deixá-los amarelados. Além disso, é necessário passar filtro solar especial para cabelos sempre. Agora se você quer disfarçá-los, os tonalizantes são uma ótima alternativa às tintas.

Corte para cuidar

– O hábito de cortar os cabelos regulamente, ajudar a dar mais resistência e traz um aspecto de cabelo bem cuidado. Alguns homens não gostam de cortar o cabelo pra não saírem do salão com “ cara de quem acabou de sair do salão”. Porém, se a pessoa frequentar o salão mais vezes e o profissional for realmente bom, isso não acontece. Cortar o cabelo uma vez a cada vinte dias é o aconselhável para os homens de corte mais “certinho”. Uma vez a cada 30 dias para os que possuem um corte mais variado e uma vez a cada 40 dias ou até um pouquinho mais para os despojados ou com cabelos cacheados ou maiores.

E para finalizar, mais algumas dicas:

– Uma dica muito importante é evitar dormir com os cabelos úmidos, pois dormir com os fios molhados pode ajudar no aparecimento de fungos no couro cabeludo. E ainda, quando utilizar gel, procure removê-lo antes de dormir.

- De preferência ao uso de pentes de madeira, com dentes largos. O pente de madeira permite a neutralização estática, além dos cabelos ficarem mais fracos quando estão molhados.

- Procure usar produtos com FPS (Fator de Proteção Solar), durante o verão.

-  Após aplicar o xampu, enxágüe os cabelos com água fria para fazer a umidade aderir aos fios de cabelo.

- Para que os fios não fiquem ressecados e parecendo sujos, procure não usar gel a base de álcool, utilize na forma de cremes. Se forem usados em excesso e de maneira errada, levam à quebra do fio ou opacidade.

- Modere o uso de gel para modelar. O produto sobrecarrega quimicamente o cabelo, abafa o couro cabeludo e exige uma limpeza muito agressiva. Como alternativa a esse tipo de produto, use uma mousse hidratante para arrumar os fios mais rebeldes.

- Os produtos de hoje em dia estão cada vez mais completos e graças à tecnologia fazem o controle de oleosidade, protegem, modelam enquanto hidratam, dão mais brilho e etc. Quando for cortar o cabelo converse com um profissional para saber o que há de novidade para seu tipo de cabelo.

produtos-para-penteado-cabelo-masculino-capa

Os produtos certos para cada tipo de penteado do homem

 

Para quem gosta de ser  estiloso é preciso ter um cabelo bem cuidado, um bom corte  e com um penteado com um bom acabamento faz toda diferença.E nada melhor e para valorizar os cabelos que os finalizadores, que  assumem um importante papel na hora de conseguir aquele penteado de acordo com o estilo que você pretende adotar.

As opções são muitas! … Gel, pomadas, spray, mousse, cera, leave-in em diversas variações. Sendo que cada um desses produtos pode deixar o aspecto do cabelo de um jeito diferente.

 

Uma das coisas que você precisa saber antes de fazer uso destes produtos é saber exatamente qual é o efeito que cada um deles produz nos cabelos, para que serve e qual a diferença entre eles. A partir daí você vai saber exatamente o que usar quando for cuidar dos cabelos e dos penteados.

 

Cada tipo de finalizador tem um efeito e acabamento diferente e além do produto, o resultado dependerá também do seu tipo de cabelo. Pensando nisso, vale a pena conhecer mais sobre cada um e ver qual se encaixa melhor no seu perfil e sua necessidade.

O produto correto para cada tipo de penteado:

Gel

O Gel- Oferece a opção de “brilho molhado” e tem opções com “fixação forte”, indicado para os cabelos curtos, com fios mais grossos e com volume, situação em que os outros produtos não conseguem manter a fixação. A grande dica é utilizar os produtos “sem alcool” para não danificar os fios, e se a sua marca tiver a opção com “filtro solar”, melhor ainda! Para usar, basta espalhar o produto nas mãos e aplicá-lo sobre os fios ainda úmidos; pode pentear os cabelos com os dedos, ou para um acabamento mais formal e arrumado, utilize pente ou escova. Se o produto apresentar consistência muito rígida, deixe cair sobre as mãos (com gel), um pouco de água, isso ajudará a espalhar o produto.

Mousse

O mousse é ideal para dar volume a cabelos finos ou cacheados. Como já escrito no outro post, para usar o mousse aplique uma bola do produto nas mãos e depois nos cabelos, amassando-o. Você também pode modelar com uma escova.

Também pode apresentar um acabamento “brilho molhado”, porém a fixação não é tão forte. Indicado para os fios finos.

Spray

Se for sair para uma balada, por exemplo, e não quiser que o cabelo saia do lugar ao longo da noite, pode usar um spray seco de cabelo, que apresenta uma fixação mais forte. Quanto mais fixação pretender, mais spray deve aplicar (cuidado com o exagero). O spray segura topetes, levanta a raiz e assenta aqueles fios desobedientes, que teimam em “voar” do alto da cabeça, segundo o hair stylist, Ricardo Heleno.

Hair Spray Emy Extra Forte – Fixador de Penteado – Garantindo maior durabilidade ao seu penteado.

hair spray Karina estão disponíveis para venda em supermercados, farmácias e drogarias em todo o território brasileiro.

Leave-in

 

Leave-in Ou “creme sem enxágue”, “creme para pentear”. Para quem prefere o cabelo mais solto é o ideal.  Ele deixa os fios com movimento, arrumados e tira o frizz (aqueles fios que insistem em ficar levantados). Esse produto é bem indicado para quem possui um cabelo cacheado  e pretende deixá-los definidos, ou que possui um pouco de volume. No entanto,  não exagere com o produto, pois o excesso além de deixar com aspecto feio prejudica a raiz.

Você deve aplicá-los nos cabelos úmidos e pode retirar o excesso de água com a toalha. A quantidade ideal de produto é do tamanho de uma pérola.

Pomada/cera

Indicadas para modelar e deixar os cabelos com “efeito seco“, uma ótima opção para quem possui fios mais finos. Para aplicar os produtos, espalhe a pomada nas mãos e depois passe nos fios já secos. O penteado vai ficar com aspecto natural, como se não tivesse usado produto algum. Mas atenção! A cera não é indicada para cabelos oleosos, pois potencializa a oleosidade dos fios.

A cera e a pomada tem o mesmo propósito (modelar e fixar), porém com texturas diferentes. A cera é um tanto mais brilhosa que a pomada. A pomada é também mais espessa que a cera. São produtos bastante versáteis e que deixam os penteados bem modernos.

Espalhe o produto na palma das mãos (a quantidade indicada é do tamanho de uma moeda de cinco centavos), esfregue e depois aplique nos cabelos. Os fios podem estar bem secos ou então pouco úmidos – dessa forma, o aspecto é um pouco mais natural.

 Outros produtos

como alisar o cabelo masculino

Como alisar o cabelo masculino – veja como fazer passo a passo

Você já ficou na dúvida de como alisar o cabelo masculino? Existem algumas dicas que você deve seguir para se conseguir o resultado desejado.

Os cuidados com a pele, roupas e cabelo já deixou a muito tempo de ser um tabu para o público masculino, afinal um homem que se preocupa com sua aparência assim com  sua maneira de vestir, passa um aspecto de homem mais confiante, maior auto-estima e acredite, ajuda até na hora se conseguir um emprego.

Não tem jeito, os cabelos também são um cartão de visita para o homem, e para quem quer se aventurar no alisamento dos cabelos saiba que as químicas alisantes usadas nas mulheres podem ser usadas nos cabelos masculinos tranquilamente.

E a regra continua sendo a mesma para qualquer tipo de tratamento nos cabelos, procure um bom profissional. Os cabelos masculinos podem ser alisados com escova progressiva, escova inteligente, escova definitiva, guanidina, tioglicolato de amônia, hidróxido de sódio, entre outros componentes químicos que modificam a estrutura capilar. Mas antes disso é importante o profissional fazer o teste da mecha para ver como anda a saúde do seu cabelo.

 A hidratação dos cabelos é um fator fundamental quando se fala em usar qualquer tipo de química nos cabelo, e para o alisamento dos cabelos masculino não é diferente. Caso você queira usar um método mais natural, é possível usar o secador e a chapinha, protegendo sempre os fios com produto para “brushing termo ativado”, fundamental para não ressecar o cabelo durante o processo.

O alisamento de cabelo masculino segue as mesmas regras e cuidados de um alisamento no cabelo feminino onde é necessário a aplicação do produto para modificar a estrutura do fio depois neutralizar a química, remover todos os resíduos e retocar a raiz pelo menos uma vez ao mês para manter o cabelo com o mesmo movimento.  Use pomadas de modelar, finalizadores ou leave-in para conseguir um resultado mais natural depois do alisamento.

Passo a passo de como alisar o cabelo masculino

Primeiro escolha o produto de sua preferêcia, existem várias opções disponíveis no mercado, mas muita atenção! Não use “misturinhas” fornecidas pelo cabeleireiro da esquina ou marcas pouco confiáveis. Use produtos com selo de aprovação da ANVISA, que comprava que as substâncias usadas não excedam o recomendado.

1 – Não lave seu cabelo durante 2 dias no mínimo. A oleosidade do cabelo vai ajudar a não vai agredir o seu couro cabeludo;

2 – Faça o teste da mecha. Aplique o produto em uma pequena parte do seu cabelo para ver como ele irá reagir. Se você perceber alguma coceira intensa no couro cabeludo, pare por aí, é bem provável que você tenha alguma alergia a fórmula usada.

3 – Se não houver nenhum problema, aplique o alisamento com pincel e pente fino ao longo do cabelo;

4 – Importante ler as recomendações do fabricante a partir dessa etapa para saber o tempo de reação, porque pode variar de produto para produto;

5 – Após isso e depois de utilizar os outros produtos que acompanham o kit seguindo as recomendações, lave seu cabelo com xampu sem sal e condicionador;

6 – Para finalizar faça uma hidratação no cabelo e deixar agir;

7 – Enxágue e exiba suas madeixas :) .

Abaixo você pode conferir dois vídeos com passo-a-passo de diferentes processo de alisamento.

Este outro vídeo é de um alisamento feito em um cabelo bem crespo e curtinho.

moda-masculina-como-se-vestir-parecer-mais-alto

Dicas de como se vestir para parecer mais alto

Para quem gostaria de ter alguns centímetros a mais na estatura, saiba que com algumas dicas de como se vestir você vai conseguir manter-se na moda e ainda parecer mais alto.

O segredo é a combinação. Para quem é mais baixo alguns looks devem ser evitados pois até pioram o visual deixando você mais “baixinho”. Alguns exemplos são: a marcação de linhas horizontais no corpo, harmonia de cores, largura das peças até o corte de cabelo. Então, vamos às dicas de como se vestir para parecer mais alto.

Evite a marcação de linhas horizontais no corpo

Não confunda com listras! A marcação horizontal no corpo é determinada pelo encontro das peças de roupa, por exemplo: o encontro do sapato com a calça, camiseta com a bermuda.

Evite sempre contrastar demais essas áreas, opte sempre pelo looks mais monocromáticos. Não precisa usar sempre cores iguais, mas que as peças tenham harmonia com intensidades parecidas.

Estampas mais centralizadas, linha de botões verticais, zíperes são ótimos exemplos de linhas verticais que ajudam você a parecer mais alto. Se o seu tom de pele é mais claro, combine com peças em tons mais claros, o contrário vale também para quem tem o tom de pele mais escuro.


O corte de cabelo também ajuda

Não precisa deixar o cabelo gigante e usar o chapéu do Slash para ganhar uns centímetros, mas sim, o corte de cabelo ajuda a parecer mais alto também. Seguindo as tendências de cortes de cabelo masculino, você pode usar um estilo militar por exemplo, mais curto nas laterais, abusar um pouco dos cremes de cabelo deixar um topete mais estiloso ou até mesmo um corte mais espetadinho no alto.

Cuidado com comprimento das roupas

Nunca use roupas largas ou compridas demais ou fiquem amontoadas nas extremidades, como calças e camisas por exemplo. Quanto aos calçados, tome cuidado para não usar tons que destoem muito da calça.

Fotos: homemnamoda.com.br